terça-feira, 8 de setembro de 2009

# 23 - Canos, Canais, Canoas

Foto de Isabel Nascimento
-
Canos, canais, canoas
Há algo que corre
Mas de tão devagar me enjoa

Canos, canais, canoas
Há algo que morre
Mas que ninguém apregoa
Canos, canais, canoas
Há uma paz por aqui
Mas uma paz que destoa
Casebres, casernas, casulos
De borboleta crescida
Mas que ainda não voa

Canos, canais, canoas
Há uma canção no ar
Mas que nunca ecoa
Canos, canais, canoas
Há um azul tão bonito
Mas que das outras cores caçoa
Canos, canais, canoas
Há tantos jovens lá fora
Mas que vivem a toa
Carolas Caducos Coroas

Canos, canais, canoas
Há um progresso que venta
Mas que nem todos perdoa
Canos, canais, canoas
Há uma umidade que acalma
Mas que corrói a alma e a proa
Canos, canais, canoas
Há uma sede que move
Que move as pessoas
(Mas que o mar tal anseio não sacia
E que talvez no seio da sua senhoria
Ainda doa)
De ser uma mater-polis que estila
E ao mesmo tempo uma vila
Onde o sino ressoa

Canos, canais, canoas
Há algo que escorre
Mas de tão devagar me enjoa
Canos, canais, canoas
Mas há algo que sobe
E que dentro de mim me abaloa

Bruno Villela, 05 de abril de 2008

4 comentários:

  1. O melhor retrato de Santos, ainda não descoberto por seus poetas letárgicos. Acho que já disse isso. Um grande abraço,

    Luiz C.

    ResponderExcluir
  2. ah..os canais, essas árvores, essas sombras, esses arcos de cimento entre os canais...e essa poesia. minha cidade ...sobrarão apenas os canais acimentados???

    Isabel Nascimento

    isabelnascimento10@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Abaloa ? ... ? ... ?
    num siria abalroa? rsss,
    ...abalroar =
    1. Atracar com balroas.
    2. Ir um navio de encontro a outro.
    3. Fig. Esbarrar.
    v. pron.
    4. Investir um com o outro.
    * um amigo da praia ...

    ResponderExcluir
  4. Bonito o sentido de abalroar, mas é abaloa de abaloar, tomar a forma de balão!

    Abraços!

    ResponderExcluir