terça-feira, 8 de setembro de 2009

#34 - 80 dias

Pode parecer tolice/ ainda não escrevi sobre a Clarisse/ embora eu dedique a ela o que de mim eu disse/ e o que dela em mim já tem/ Mas pra não cair na embustice/ proponho escrever com ela porque com ela eu vou além/ Dou a volta ao mundo em 80 dias, vê se podia, de táxi, metrô, a pé, busão, falta de trem/ Vou da Angélica ao Jardim América, Brasília, Santos/ rindo ou com pranto/ nós vamos bem/. Do 74 ao 73, João XXIII, eu, ela e o mundo ou mais ninguém/ Vou de mão dada escrevendo em estrada que ainda nem tem/ Mas 80 é pouco porque me perco e me esqueço nos seus abraços, e nos sorrisos que ainda nem/ entendo o tamanho disso/se isso é o mundo que eu dei a volta assim tão rápido/assim tão ávido/ que mais eu giro no coração/no quarteirão/ W3 Norte ou em Havana/ o mundo aumenta, o tempo emana/ e uma semana/ parece um mês/ e o amor que venta na nossa tez/ e na janela do nosso trem/ é insensatez/ deixar entrar já de uma vez/, enquanto a gente segue beijando um beijo nosso que já são três.
-
à Clarisse Aló

Um comentário:

  1. poxa... o que eu posso dizer?
    quero mais beijo x três!!!

    =)
    e mais quatro meses-quatro anos!

    ResponderExcluir